Ejaculação Precoce: Álcool e Tabagismo podem estar relacionados?

A ejaculação precoce é quando o homem não consegue ter controle sobre sua ejaculação, chegando ao clímax da relação sexual nos primeiros minutos após a penetração ou até mesmo antes, dependendo do caso. Tal descontrole causa muitos desconfortos ao homem, estendendo ao casal de uma forma geral.

O homem que sofre de ejaculação precoce não consegue se deter nas preliminares, satisfazendo sua parceira sexualmente. A mulher biologicamente e psicologicamente necessita de mais tempo para que chegue ao ponto clímax do ato sexual, sendo por isto, as preliminares muito importantes para sua satisfação.

Além da insatisfação da parceira, a ejaculação precoce causa depressão, constrangimento e até mesmo o isolamento do parceiro que se sente cada vez mais inibido antes, durante e após o ato sexual. Estima-se que quase 25% dos brasileiros sofrem ou já sofreram com a ejaculação precoce, um número consideravelmente alto e, por isto, um problema tão recorrente hoje em dia.

De acordo com algumas pesquisas médicas, o álcool e o tabagismo estão relacionados a ejaculação precoce. Quando um paciente busca o tratamento, ele deve diminuir o consumo de ambos para que o tratamento surta algum efeito. Vale ressaltar que o tempo médio de um ato sexual dura de 15 a 20 minutos e quem sofre ejaculação precoce pode chegar a ejacular nos primeiros 4 ou 5 minutos.

alcool_e_tabaco_08-10-09Se você tem tido problemas recorrentes com a ejaculação precoce, procure um urologista, mas antes, tente diminuir o consumo de álcool e do tabagismo e veja se os resultados são positivos.  Além da ejaculação precoce, o álcool e o tabagismo causam redução de libido e até mesmo impotência.

De acordo com uma pesquisa da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), quase a metade das pessoas que fazem uso de álcool, cigarro e outras drogas apresentam problemas sexuais. Quase 40% dos entrevistados que usam álcool tem ejaculação precoce, a segunda maior reclamação é sobre a falta de libido e a terceira, a dificuldade de ereção. Outros problemas como falta de ejaculação e dor durante o ato sexual também apareceram nas respostas.

Quando estes pacientes procuram por conta próprias drogas farmacêuticas para resolver o problema costumam gerar outros problemas mais graves como perda total da ereção. De acordo com os urologistas, um copo de cerveja por semana ajuda aumentar o libido e faz bem para o organismo, os problemas aparecem quando se consome uma quantidade maior do que um copo por semana. Se você deseja ter uma vida sexual plena, o melhor que pode fazer é diminuir o consumo de drogas lícitas e ilícitas.

Leave a Reply